“Se tiver que sangrar, sangrarei”, diz Andre Brasil, nadador Paralímpico

Guilherme Derrico

Teve início nesta quarta-feira, dia 29, os Jogos Paralímpicos de Londres, e os atletas brasileiros já estão focados na mais importante competição do ciclo. Entre os mais aclamados está Andre Brasil, fenômeno da natação, que vai defender suas quatro medalhas de ouros conquistadas em Pequim. Na China, o atleta do Esporte Clube Pinheiros pendurou no peito nada menos do que quatro ouros, sendo eles nos 100m borboleta (56″47 – recorde Paralímpico), 100m livre (51″38 – recorde Mundial), 50m livre (23″61 – recorde Mundial) e 400m livre (04’05″84 – recorde Paralímpico), além de uma prata nos 200m medley, com o tempo de 2’14″20.

Com a preparação feita durante os últimos quatro anos, o nadador inseriu em seu programa de treinamento mais provas e está cotado como um dos principais destaques da delegação brasileira, podendo retornar ao País com até oito tentos. Além de seis provas individuais, Andre cairá na piscina londrina…

Ver o post original 284 mais palavras

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s